domingo, 21 de novembro de 2010

Olhos

domingo, 21 de novembro de 2010
E ela naturalmente matou aquele sentimento lindo e doce que tínhamos
Aquele amor se torna algo passado
A desistência e o repudio inexplicável é uma justiça natural
Pois sua mente e seu corpo sabem que a ela não merece
Você vê que não precisa de alguém tão pequeno
Só que o pior..
É que apesar de ser um lixo, você ainda a deseja.

(Minha autoria)




Observação: Este post, como vários outros não são pra uma pessoa em especial. Ele remete sentimentos antigos ou atuais.. em forma de poesia. Então não se identifique com o texto antes de ser anunciado(a)! Obrigada.

6 comentários:

Ação e Arte e Único uma criação de Allan Ruy disse...

Muito bom!! continue assim inspirada!! abraço!!
visite: http://acaoeartehqs.blogspot.com/

Alan Farias disse...

Muito bom , o blog , eu gosto quando as pessoas expressão os seus sentimentos , com suas própias palavras , fica 100% verdadeiro , adoro ler isso .Parabéns

Meu blog é : www.jogandonaparede.blogspot.com

Daiah Scarlet disse...

gostei da forma como você escreve, meio parecida cmg, deixando as coisas mas entrelinhas..massa

se der visita meu blog tbm: http://teenager-whore.blogspot.com/

Carolina Brito disse...

verão de 1991.
lindas palavras... muito bom quando escrevemos deixando transparecer nossos sentimentos.

parabéns.

Felicia disse...

e eu achando q era cmg. uhuhuh

diliça!

x)

Elisete disse...

Oi!!! Bacana o seu espaço, e aproveito tbm pra agradecer a sua visita ao meu blog. E divulguemos a poética, fonte de inspiração pra tantos corações insanos. Bjs

Postar um comentário

Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.

 
Caixa de Pandora © 2008. Design by Pocket